A família Toniolo, originária de Vicenza, Itália, é
marcada pelas suas origens humildes.
Em 1850, viviam na pequena cidade de Marostica, na província de Vicenza. Naquela época, a Itália atravessava um de seus períodos críticos. A luta pela unificação, a revolução industrial e a elevada densidade demográfica, transformaram o país numa legião de miséria e desemprego. A saída encontrada pelo Governo, foi a emigração.

Milhares e milhares de italianos foram assim espalhados em diversos países, dentre os quais o Brasil, que na época precisava de mão-de-obra barata nos cafezais paulistas e também para povoar o sul do país, ameaçado constantemente de invasões por países latinos.
Viagens intermináveis em navios precários, trouxeram “para, La Mérica - 0 continente dos sonhos e da esperança”, inúmeras famílias italianas, que deixaram para trás a sua pátria. Com poucos recursos financeiros e alimentação escassa, muitos desses migrantes, sequer chegaram a aportar, morreram em alto mar.
Ao chegarem no Brasil, receberam suas terras na serra gaúcha, nos idos de 1879, estabelecendo-se onde hoje é a localidade de Linha Eulália, município de Bento Gonça1ves - RS.
Em 1888, era erguida a pequena capela de Santa Eulália, onde a família encontrava seu centro de referência.
Bortolo, o progenitor, estabeleceu-se com um pequeno comércio de vinho, produtos suínos e agrícolas, realizando também serviços de sapataria. Desde o início, o desenvolvimento era a grande meta alvejada.
Os produtos, eram comercializados na capital, e o deslocamento era com a utilização de carroças, utilizando-se de trilhas, até a cidade de Montenegro, cuja tempo de percurso girava em torno de oito (8) dias, e depois seguiam por barcas.
No retorno, traziam querosene, tecidos, medicamentos, sal, e outras especiarias, que eram comercializados em seu estabelecimento comercial.
Durante 27 anos, Angelo Toniolo, filho do casal, conduziu as carroças e tropas de mulas nesse itinerário. Casou-se com Maria Luiza Rossatto, tiveram dez filhos, dentre eles Isidoro e Oreste Toniolo, os quais fundaram a EMPRESA BENTO GONÇALVES DE TRANSPORTES LTDA.
A comunidade em reconhecimento a família, registrou a escola local com o nome de Isidoro Toniolo, e a alameda principal, que da acesso a Linha Eulália, de Joaquim Toniolo.

 
   
empresa horáriosvale transportefotoslinkscontatoempresabento@bentotransportes.com.br